notícias Kress

20/12/2017

Cientistas curam ratos de laboratório da Diabetes tipo 1 com células-tronco modificadas


Em um estudo publicado na “Science Translational Medicine”, cientistas do Boston Children’s Hospital dos Estados Unidos, revelam que através do uso de células-tronco do sangue tratadas para produzir PDL-1 (proteína ausente em pacientes com diabete tipo 1), conseguiram reverter com sucesso esse tipo de diabetes em suas cobaias.

A diabetes tipo 1 é considerada uma doença autoimune, já que o organismo não produz insulina, considera as células produtoras como invasoras, diferente da diabetes tipo 2 onde existe produção de insulina, no entanto insuficiente.

Na pesquisa feita pelos cientistas, utilizando técnicas da engenharia genética, foi introduzido o gene CD274 nas células-tronco, responsáveis pela produção do PDL-1, impedindo assim o ataque nas células pancreáticas produtoras de insulina e mantendo os níveis de glicose normalizados no sangue.

Nos testes feitos, praticamente todos os ratos foram curados em um curto prazo de tempo, e cerca de um terço manteve os níveis de açúcar normal no sangue durante a vida. Como o tratamento é feito com as células do próprio paciente, as chances de rejeição diminuem consideravelmente.

O próximo passo agora é buscar aprovação dos Estados Unidos para realizar testes em humanos e verificar os efeitos da terapia a longo prazo.

Fonte.