notícias Kress

02/05/2018

Pacientes com dores na lombar recebem tratamento errado.


Cerca de 540 milhões de pessoas no mundo sofrem com dores na lombar. O motivo se tornou uma incapacitação para trabalhar, segundo os pesquisadores do The Lancet.


O maior problema é que quando essas pessoas procuram um especialista, recebem o tratamento incorreto.


Para chegar nessa conclusão, os pesquisadores fizeram uma revisão dos estudos publicados entre 1990 e 2016 em 195 países.


Nessa avaliação perceberam que normalmente quando a pessoa se consulta, ela volta para casa com medicações e indicações para se afastar do trabalho e não necessariamente soluções que auxiliem a evitar o surgimento das dores.


Portanto, o ideal seria que no estágio primário da dor a pessoa fosse encaminhada para reeducação postural e a manutenção da rotina diária com fisioterapia e atividades físicas. Caso os direcionamentos não surtirem efeito, aí sim os medicamentos seriam acrescentados para auxiliar no desconforto dos pacientes.


Fonte.