viva melhor

Cuidados com a pele dos bebês no inverno


A presidente do Departamento Científico de Dermatologia da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), Vania Oliveira, respondeu a dúvidas comuns sobre este tema tão delicado. Afinal, nesta fase inicial da vida a chamada barreira cutânea ainda está em formação, sendo mais suscetíveis a alergias e infecções.


Em relação ao banho, de acordo com Vania não há nenhum problema em ser feito todos os dias em bebês. O indicado é ser com água morna, não muito quente, de poucos minutos, no fim da tarde ou antes de dormir para acalmar e induzir ao sono.


Quanto ao sabonete, dê preferência aos líquidos, com pH igual ao da pele. E em dias muito frios, caso os pais prefiram, pode-se apenas limpar as áreas críticas, como a região genital.


Cremes hidratantes, se a pele for naturalmente seca e nas partes que ficam mais expostas, podem ser úteis. Óleos corporais são indicados, principalmente para massagens, desde que o produto seja destinado para crianças.


Aliás, esta é a principal dica: todos os produtos utilizados devem ser para crianças. Isso evita alergias e desconfortos.


Entre os sinais de problemas com a pele estão: áreas avermelhadas, descamação, coceira. Nestes casos, se a limpeza simples não resolver, o ideal é consultar um profissional, pois a partir dos 2 meses a criança já pode ter dermatites e precisar de cuidados especiais.


Importante ressaltar que a dermatite não  é infecciosa nem transmissível.


E crianças com pele sensível devem evitar tecidos de fibra sintética ou lã: em todos os casos, o melhor são as roupas de algodão.


Fonte.