viva melhor

Exercício noturno, vilão ou mocinho?


É grande a discussão entre qual o melhor horário para a prática de exercícios físicos e muitos estudos vêm sendo feitos sobre o tema. Cientistas americanos, premiados em 2017 pelo Nobel de Medicina, revelam estudos feitos em relação a influência dos movimentos da Terra em nosso organismo.

Eles mostram que nosso relógio biológico parece não estar ajustado para essa rotina pesada do dia a dia, já que muitos ficam cansados só de pensar em acordar cedo ou ainda têm dificuldades para dormir antes da meia-noite, mas nesse ritmo frenético acabam encaixando a prática de exercícios fora do horário comercial, muitas vezes até na madrugada.

Por isso, hoje em dia é muito comum encontrarmos academias que abrem suas as portas já às 5h da manhã e fecham só na madrugada e até mesmo aquelas 24 horas.

Com essa busca dos alunos cada vez mais em alta por horários alternativos, surgem os questionamentos em relação ao impacto dessa atividade física no sono, já que ela faz liberar estimulantes naturais como a adrenalina, que supostamente poderia causar insônia e cansaço físico no dia seguinte à atividade.

Porém, uma experiência realizada pela Universidade Federal de Minas Gerais com 17 homens e ainda estudos realizados na Finlândia, na Universidade de Jyväskylä, ajudaram a desmitificar essa preocupação, mostrando que nem as atividades mais rigorosas prejudicam as horas na cama, pelo contrário, ajudam o corpo a relaxar!

Sendo assim, o importante é dizer não ao sedentarismo, já que hábitos saudáveis e a atividade física só tendem a ajudar o corpo a funcionar melhor e a prática regular de exercícios físicos ajuda também no controle da pressão arterial e da ansiedade, sendo um forte aliado aos tratamentos convencionais.

A Kress pode contribuir para essa rotina agitada com o Centroliv® Energy, que atua como um suplemento mineral e vitamínico. Saiba mais e aproveite seus benefícios!

Fonte.